Materiais para assaltos e dinheiro com lacre de bancos foram apreendidos durante a prisão. Materiais para assaltos e dinheiro com lacre de bancos foram apreendidos durante a prisão. Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Polícia prende suspeito de participar de diversos assaltos a banco pelo Piauí

Publicado em Estado Fevereiro 08 2018 tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte
Avalie este item
(0 votos)

Um homem acusado de participar de diversos assaltos a instituições financeiras foi preso por policiais do Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), durante a noite de quarta-feira (7), na zona Leste de Teresina. Os policiais também encontraram materiais que seriam usados nos crimes, como maçaricos, furadeiras, máscaras e armas de fogo, além de dinheiro ainda com o lacre dos bancos.

Identificado como Rafael Perneta, o suspeito foi localizado em uma casa no bairro Vale do Gavião. De acordo com o delegado Gustavo Jung, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), o suspeito era procurado desde 2016. “Ele foi o único que não foi preso em uma operação em que prendemos 19 pessoas, há dois anos”, relembra o delegado Gustavo. O homem é suspeito de participar tanto de crimes de arrombamentos como de quadrilhas que utilizam explosivos.

Ainda segundo o delegado Gustavo, Rafael é investigado por participar de assaltos em Jaicós e Cocal cometidos há cerca de uma semana, em que três instituições financeiras foram assaltadas ao mesmo tempo em cada cidade. Também é investigada a participação de Rafael em um assalto a uma agência bancária em Altos no dia 12 de janeiro.

Outras quatro pessoas que estavam na casa com Rafael Perneta foram conduzidas para a delegacia, prestaram depoimentos e foram liberados. O delegado Gustavo afirma que os depoimentos ajudarão os policiais a avançar em outras investigações sobre crimes de furto e roubo a instituições financeiras.

No local foram apreendidos ainda diversos materiais usados em roubos, com o máscaras, botijões de gás, furadeiras e maçaricos. “Eles usam maçaricos para ter acesso ao cofre quando não conseguem usando os explosivos”, explicou o delegado Gustavo Jung.

Dois automóveis foram apreendidos, uma arma de fogo e uma quantia em dinheiro. As cédulas ainda tinham lacres de bancos, e em algumas, resquícios de explosivos.

Fonte: G1PI

Lido 82 vezes
Banner Direita 1
Banner Direita 5

Compartilhe

Subscribe RSS Feeds
Email

Instagram

Posts recentes no Twitter

Assine BaraoNet

Certifique-se de que você não perderá as últimas notícias e informações do portal BaraoNet. Registre-se em nosso e-mail newsletter gratuitamente e não perca nenhuma informação sobre o que acontece na região, no Brasil e no mundo.